1-3-1200x900

Landing Pages: O que são e porque são importantes para seu negócio?

O Marketing Digital é uma estratégia de comunicação que oferece funcionalidades diferenciadas, capazes de auxiliar empresas dos mais variados portes a criar um diálogo certeiro e próximo do público-alvo. Entre as diversas estratégias existentes, você sabe o que são landing pages?

Essa ferramenta se tornou uma excelente alternativa para aumentar a conversão da empresa, conquistando cada vez mais leads e clientes durante o processo. No entanto, para aproveitar os resultados, é preciso ter alguns cuidados.

Criei este post bem completo para ajudar você a entender melhor do que se trata essa ferramenta de marketing tão eficiente. Vou explicar o que são landing pages, seu objetivo e os elementos que fazem essa página ser bem-sucedida. Acompanhe!

O que é Landing Page

O termo tem origem no idioma inglês e pode ser traduzido como “página de aterrissagem”. No Marketing Digital, uma landing page é, portanto, o primeiro espaço que um visitante acessa ao entrar em um site. Naturalmente, pode ser a categoria de um blog, de produtos em um e-commerce ou um artigo, mas a expressão costuma ser utilizada no contexto de mídias pagas.

Quando você clica em um anúncio, em uma campanha de e-mail marketing ou em banners, por exemplo, e é direcionado para uma página, que geralmente tem como objetivo atrair clientes ou consumidores, você foi encaminhado para uma landing page.

Com a popularização do Inbound Marketing, houve uma ressignificação e, hoje em dia, landing pages são conhecidas por páginas que possuem como objetivo uma conversão, seja em lead ou em vendas.

Landing Page

O objetivo de uma Landing Page

Diferente da página inicial de um site, que geralmente é mais genérica e abrangente, as landing pages são mais objetivas e criadas estrategicamente para despertar a curiosidade, criar interesse e provocar desejo no público-alvo, para que ele converta esses sentimentos ou necessidades em algum tipo de ação positiva, como nos exemplos citados acima.

Independentemente do tipo, o único objetivo das landing pages é gerar conversões, e é por isso que se diferenciam das outras páginas de um site. Para isso, a página deve ser clara, precisa e organizada, oferecendo realmente aquilo que foi prometido, informado ou especificado em sua campanha estratégica inicial.

Qual a relação das Landing Pages com os resultados?

Na maior parte das vezes, as landing pages são a porta de entrada dos prospects para a jornada de compra. Nesses canais, visitantes podem virar leads e leads podem virar leads qualificados que, posteriormente, se tornarão clientes do seu negócio.

Por isso, ao fazer um bom trabalho nas suas landing pages, você poderá gerar mais conversões para sua empresa, aumentando o potencial de resultados e tornando sua estratégia mais rentável e lucrativa.

Nesse momento, entra a necessidade de um bom parceiro: é preciso que a sua empresa possa contar com a expertise de quem possui experiência e seja capaz de te ajudar a conquistar esses resultados.

A criação de uma landing page exige estratégia e conhecimento de mercado. Por isso, a Orgânica se torna uma boa opção: nós possuímos grande experiência e contamos com uma equipe especializada na área, capaz de aumentar a sua taxa de conversão e conquistar as melhores oportunidades para o seu negócio!

Os benefícios de criar uma Landing Page

Uma estratégia baseada em landing pages pode ser ótima para quem trabalha com vendas na Internet ou vários outros nichos. Vou listar aqui alguns benefícios:

Ajuda no lead scoring

Uma das grandes vantagens de uma landing page não é apenas a geração de leads, mas o chamado leading score. Trata-se da classificação dos leads de acordo com o seu interesse e possibilidades de fechar um negócio.

Esse processo consiste em atribuir um determinada pontuação a cada um dos leads, de acordo com a sua interação com a marca. Quanto mais fundo no funil estiver essa interação, mais pontos ela representa.

Por exemplo, um cadastro para newsletter de topo de funil vale menos pontos que baixar um e-book de fundo de funil. É preciso manter um controle sobre essas ações do usuário.

De acordo com a pontuação obtida por cada lead, o time de vendas sabe quem está pronto para um contato direto, já que demonstrou muito mais interesse nas soluções ofertadas por sua empresa para os seus problemas. O foco é sempre em quem tem mais chances de conversão.

Permite segmentar os leads

Outra vantagem clara de uma estratégia de landing pages é a segmentação de leads. Isso pode ser feito por meio das ações e materiais utilizados em cada página.

A partir das informações solicitadas ou do material disponibilizado na landing page, podemos distinguir as diferenças entre as pessoas que estão na jornada de compra. Assim, criam-se listas e grupos com interesses semelhantes para gerar novas estratégias focadas nelas, melhorando ainda mais a conversão.

Reduz o custo de aquisição de clientes

Adquirir as informações de clientes é algo complicado e exige um enorme esforço da equipe de marketing e vendas. São horas de ligações, entrevistas, e-mails, reuniões e apresentações para manter um contato e conseguir tais dados, para que possam ser mais bem trabalhados. Tudo isso tem alto custo.

Uma estratégia de landing page consegue agregar uma quantidade enorme de dados de potenciais clientes de forma simples e rápida. Você deixa de correr atrás dos leads e apenas oferece informações para que eles venham até você.

Por meio da landing page, é possível ter acesso a todas as informações relevantes de um lead para posterior contato. Os custos são baixíssimos em relação a uma estratégia comum de captação de clientes.

Funcionalidades essenciais ao usar um criador de Panding Pages

Por não necessitarem de uso de código, os criadores de landing page agilizam (e muito!) o processo de criação, edição, publicação e divulgação das páginas, só é necessário verificar alguns pontos para ter certeza de qual ferramenta é a escolha certa:

Adequação à LGPD

Em 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados entrou em vigor no Brasil e estabeleceu regras claras sobre coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais, impondo um padrão mais elevado de proteção e penalidades significativas.

Por isso, é essencial que a ferramenta para criação de landing pages ofereça campos de proteção de dados, de acordo com a lei.

Vale lembrar que as multas previstas para o descumprimento variam de 2% do faturamento bruto até R$ 50 milhões (por infração), e começarão a ser aplicadas a partir de agosto de 2021.

Segurança

Já aconteceu de você acessar algum site e a mensagem de “Não seguro” aparecer?

Com a popularização do HTTPS, que se tornou inclusive um critério de ranqueamento do Google, é cada vez menos comum encontrar sites assim, mas eles ainda não foram extintos.

Certas ferramentas de criação de landing pages não oferecem certificado de segurança para as páginas, o que é ainda pior, visto que a grande maioria das landing pages possui formulários para solicitação de dados.

Lembrando que isso não é apenas visual ou para passar segurança: landing pages em HTTPS realmente oferecem mais proteção, como os princípios de confidencialidade, integridade e autenticação.

Responsividade

Sim! Ainda é preciso falar sobre responsividade, pois existem empresas e ferramentas que produzem landing pages que não se adaptam às telas menores.

Não se trata mais só de algo “bom para o SEO” ou que “impacta na taxa de conversão”: ter páginas que se adaptam e que também oferecem ótimas experiências com dispositivos móveis se tornou questão de sobrevivência no mundo online.

Facilidade de uso

Se as empresas recorrem a ferramentas para criação de landing pages em busca de produtividade e facilidade, parece redundante falar que elas devem ser fáceis de usar, né?

Mas ainda são muito comuns ferramentas complexas e burocráticas, que oferecem uma experiência confusa e, no fim, acabam mais atrapalhando do que ajudando.

Opte por ferramentas que possuem sistema “drag&drop”, edição facilitada e em tempo real, simplesmente arrastando, soltando e editando elementos:

Criador de Landing Page

Também vale dar preferência para ferramentas em português. Isso pode facilitar muito quando é preciso fazer algo muito rápido e você quer identificar coisas no “piloto automático”.

Integração com outras ferramentas e sistemas

A sua estratégia de Marketing Digital não se resume a apenas converter leads nas landing pages, certo?

Então é essencial garantir que a ferramenta que você usa ofereça integração com outros sistemas que estão na sua operação, como CRM, públicos no Facebook e e-mail marketing.

Os tipos de Landing Page

O objetivo geral de uma estratégia de landing page é gerar conversões, mas isso pode ser feito por meio de várias ações, até que se gere o interesse principal para a compra. Por conta disso, temos vários modelos de landing page a serem utilizados dentro do funil de vendas. Vamos verificar cada um deles:

Página de captura

O primeiro modelo é a chamada página de captura, um tipo simples de landing page criado para capturar dados de contato de um lead. Pode ser e-mail, nome e telefone, permitindo a criação de uma lista de leads.

Para que ela tenha sucesso, é preciso realizar alguma oferta de contrapartida, algo que seja do interesse do cliente, como a inscrição em um webinário ou o download de um e-book. Para que tenha acesso ao conteúdo, o usuário precisa preencher um formulário com seus dados

Página de confirmação pendente

Quando nos cadastramos em um novo serviço ou em qualquer plataforma online, é comum ser direcionado a uma página que nos pede para acessar a caixa de entrada de nosso e-mail para realizar a confirmação e conclusão do cadastro.

A função da página de confirmação é a orientação do usuário acerca de quais passos ele deve realizar para concluir o processo de cadastro ou acessar a recompensa que foi prometida.

Esse tipo de página deve ser o mais simples possível. É fundamental que as orientações passadas aos usuários sejam claras. Isso serve para evitar que pessoas utilizem e-mails falsos apenas para acessar as recompensas.

Página de vendas

O objetivo da página de vendas é apresentar um determinado serviço ou produto em um modelo de oferta. Para ter eficiência, ela deve convencer o cliente de todos os benefícios existentes na oferta apresentada, deixando claro como ela poderá sanar todos os problemas do lead.

Uma seção de perguntas frequentes e depoimentos de consumidores são uma boa tática de convencimento. Tudo isso deve ser finalizado com uma chamada para a ação que leve o usuário até uma página de pagamento, na qual a compra será finalizada.

Página de obrigado

O último tipo de landing page é a página de obrigado, que serve para finalizar uma conversão. Ela pode ser aplicada não apenas em uma compra, mas também ao baixar um material, realizar uma inscrição ou preencher um formulário.

O objetivo dela é gerar empatia, conquistando a confiança do usuário por meio do estreitamento da relação. Além disso, quando a landing page de obrigado é aplicada em início ou meio de funil, ela já pode indicar o próximo passo a ser tomado pelo lead.

Essa etapa pode ser o download de outro material, a sugestão de leitura de um post ou, até mesmo, a aquisição de um produto ou serviço que possa auxiliar na dor que o usuário esteja enfrentando.